quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Mentes dementes



Eu queria escrever algo inteligente agora. Algo que desse uma luz sobre porque os séculos se arrastam uns atrás dos outros, mas as paredes sem porta e janela insistem em permanecer imóveis nas mentes humanas.
Algo que explicasse porque existem radicais de todos os tipos mundo afora. Mas muita gente já escreveu uma pá de coisas inteligentes sobre esse assunto, e nada mudou. Os lobos continuam, em sua pele ou na de cordeiro, mordendo sempre que podem.
Pois é que no fundo tem a ver com o medo. Quanto mais certezas tem alguém, mais medroso esse alguém é. Tem o medo de viver. E viver é lidar apenas com o incerto. Certo é apenas a morte, que não é mais viver. 


Dedico este post aos estudantes otários da FFLCH da USP, que, tirando aqueles que já estão fazendo carreira política pra tornar-se ladrões milionários junto com os outros dirigentes dos partidos demagogos a que pertencem, são cãezinhos amestrados que se olham no espelho e se imaginam livres.


Tudo isto motivado, vejam vocês, por este outro exemplo de radicalismo tosquésimo:


O designer e pesquisador Shane Glines foi censurado em sua página no Facebook, porque postou o seguinte cartum do brasileiro J Carlos:
Blocked by Facebook, because someone reported me for posting this horrible, offensive, pornographic image by Brazilian cartoonist J. Carlos:


This is your second warning for violating Facebook’s Statement of Rights and Responsibilities. You are now blocked from posting content on Facebook for 24 hours. If you continue to abuse Facebook’s features, your account could be permanently disabled.




Ora, ora. Imagino que o que impressionou a turma (quantos? um? dois? cem? legião?) de censores do Facebook foram os dois mamilos desenhados pelo J Carlos. Dois pontos facílimos de desenhar. Posso estar enganado, claro, já que a imagem foi censurada como um todo. Será que não gostaram do tridente do lado direito? Ou da palheta de cores? Ou do fato de todos terem os olhos fechados? 
Século XXI, cadê você??????? 
Então, deixa pra lá. Não vou escrever nada inteligente. Vou continuar na minha santa burrice.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

É o último!











FAZEN’DESENHANIMADO no NuPA- Núcleo Paulistano de Animação
Convidados conversam com o público, apresentam filmes, respondem perguntas, falam de suas idéias e experiências.
 
Sábado, Dia 26 de Novembro

FAZEN’DESENHANIMADO DE A a Z
com
TYGRA FIRE & ICE, SUPER MOUSE, COOL WORLD
e
MARCELO DA ESCOLA MELIES

Entrada FRANCA
Desaconselhável para menores de 12 anos

15h00: Marcelo Ortiz é o criador da MELIES, uma das mais conceituadas escolas de animação da cidade. Ele mesmo estudante da VANCOUVER FILM e do ANIMATION MENTOR, é um especialista em formação na área. Exibição de trabalhos de alunos da escola e novas tendências internacionais. 

16h30: RALPH BAKSHI (parte 3), Cult entre os cults (Quentin Tarantino está entre seus admiradores), Bakshi revolucionou o cinema com seus filmes de animação para adultos. Nesta parte final, o curador do NUPA discutirá: TYGRA, COOL WORLD & SUPER MOUSE.

Atenção público do Fazen'desenhanimado: O convidado, Marcelo Ortiz da Escola Melies, fará sua apresentação logo no início do programa, ao contrário do que costumamos fazer. Três da tarde, pontualmente, começamos. Não se atrasem. Além disso, é o último Fazen previsto. Em parte porque considero que convidei os artistas de São Paulo (ou que tem projetos em São Paulo) que queria ter convidado e o ciclo está fechado. Ano que vêm, continuando o NUPA ou não, vou dar um tempo das palestras abertas ao público e me concentrar na produção dos filmes. 
Quem veio em Outubro assistir o Thiago da Mixer teve uma oportunidade inédita. Foi um grande presente que ele nos deu: a exibição em primeiríssima mão de um episódio da série em desenho animado Sítio do Picapau Amarelo, que ainda vai estrear na TV Globo. O material está ficando muito bom e vai fazer história na animação brasileira. Thiago não só projetou o filme, mas também contou sobre todo o processo de produção, a experiência de uma nova versão da música de apresentação com o Gilberto Gil, o apuro visual que o Humberto Avelar está dando no projeto e a utilização dos softwares da ToonBoom na confecção de animação e story-boards. 
Pra fechar nosso ciclo que quase dois anos e meio de apresentações, o convidado é o Marcelo Ortiz da Escola Melies. Vai mostrar trabalhos dos alunos, apresentar seu curta metragem pessoal e contar como foi feito. E contar um pouco sobre as tendências mais recentes do mercado internacional.
E pra fechar, a terceira e última parte do nosso ciclo Ralph Bakshi: Tygra Fire & Ice foi um filme feito em parceria com o Frank Frazetta. Segundo consta, Ralph e Frank se divertiram muito com os atores vestidos de sunguinha esbarrando espadas, machados e escudos nos técnicos de filmagem. Finalmente Ralph encontra John Kricfalusi e fazem renascer Super Mouse, a série que marcou os novos caminhos da produção para TV, e deu o empurrão para surgirem Ren & Stimpy, Rocco e Sponge Bob, entre outros. E Cool World é o Roger Rabitt dark, com um Brad Pitt jovenzinho despontando na carreira e uma Kin Bassinger fazendo seu papel mais desmiolado. Pra fechar, vou apresentar um depoimento que o próprio Bakshi deu em San Diego, na Comic Con, e que ele, junto com a Asifa Hollywood, nos autorizaram a legendar e divulgar amplamente.

Não perca!

N U P A
Núcleo Paulistano de Animação no CCJ RUTH CARDOSO

Curadoria: Céu D’Ellia

C C J

Av. Deputado Emílio Carlos, 3641 – Vila Nova Cachoeirinha
(11) 3984 2466
(ao lado do terminal de ônibus Cachoeirinha)


sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Eu e o Saul


Estou escrevendo pouco aqui no blog por falta de tempo. No NUPA estamos tendo que dar uma corrida para fechar as contratações antes que o ano acabe, além dos workshops que estão em curso. E além disso, dando conta de alguns trabalhos comissionados. Tipo esse que vai abaixo.

Pode não parecer, mas me inspirei no Saul Bass pra fazer isso. O design de motion graphics de hoje anda tão poluído e carregado, que voltar àqueles imensos vazios na tela de cinema me parece fundamental. 


R e s p i r a r.


Foi feito para uma nova divisão da Cinemark no Brasil chamada FLIX. A agência é a Tonica e o diretor de criação o Cibar Ruiz. Uma produção do meu estúdio, Seecond Sun & Cigarra Ltda. A bailarina é a Vivi Medina, da Colombia. Os infografistas que trabalharam comigo são o Lugh Nassad e o Fernando Fracaroli. Criei, dirigi, produzi e animei. Tem 30 segundos e está sendo exibido nos pré-shows dos filmes nos Cinemarks brasileiros. Tela grande.  Na captação do live action colaboraram também o cinegrafista André D'Elia e o produtor associado Mauro Moreira, da Duca. 

Assim que der, coloco o filme inteiro, que tem trilha do Fábio Goes, no meu site ou aqui mesmo. Mas aqui vão uns frames, pra sentir o projeto: