quarta-feira, 11 de julho de 2012

Resultado final PAULICÉIA 2012



O trabalho dos jurados para escolher os vencedores dos Editais Paulicéia 2012, CENA DE AMOR EM SÃO PAULO e BICICLETAS EM SÃO PAULO não foi pequeno. O número de inscritos dobrou em relação ao ano anterior e a qualidade média dos roteiros também melhorou sensivelmente, principalmente para BICICLETAS. 
Recebemos 79 inscrições para CENA DE AMOR e 81 para BICICLETAS, totalizando 160 roteiros para serem lidos e analisados.


Camila Pitanga em
EU RECEBERIA AS PIORES NOTÍCIAS DOS SEUS LINDOS LÁBIOS,
dirigido por
BETO BRANT
A participação de todos é muito importante. Valoriza o prêmio e a proposta. Mas, principalmente, contribui para o processo de transformação da cidade. Os temas escolhidos conduzem a um aprofundamento das raízes culturais dos que moram em São Paulo. Participar significa querer se expressar, acordar para a possibilidade de termos um lugar melhor para todos, com mais amor, fraternidade e entendimento cidadão. É uma questão de deixar pra trás esse comportamento inerte e ausente que se torna cúmplice, por omissão, dos eventuais desatinos do poder público. Democracia só funciona se todos arregaçarem as mangas e defenderem o bem comum. 


Arte e Cultura lançam na memória as sementes do que construímos como realidade. E todos que participam dos Editais Paulicéia, contemplados na lista final ou não, estão balançando as linhas invisíveis dos sonhos da cidade. 


Peixonauta, de CÉLIA CATUNDA e KIKO MISTRORIGO
Os Editais tem servido também para levantarmos um banco de dados de roteiristas. Por exemplo, um dos participantes tradicionais do concurso, o roteirista Eric Lovric, não ganhou nenhuma vez, mas chamou nossa atenção. E estamos estudando sua participação em um outro projeto que em breve será iniciado. 
Então tenha certeza que o esforço de quem participa não é em vão. Já ouviu dizer que para escrever o roteiro perfeito você precisa antes escrever 999 roteiros? Pois é. Se esta é a primeira vez que você escreve um roteiro, então já tem um na lista. Faltam agora 998. 


Este ano tem eleição municipal. Então não sei o que será do NUPA em 2013. Talvez esta seja a última edição dos Editais Paulicéia. O futuro dirá. Agradeço de coração todos que participaram de nossas atividades até agora. Palestrantes, alunos, profissionais, platéia do Fazendesenhanimado, equipe do CCJ e diretor Leandro Benetti, inscritos selecionados e não selecionados, professores, artistas residentes, torcida a favor, secretário de Cultura Carlos Augusto Calil e o gabinete da secretaria, e até torcida contra e caluniadores. Muchas gracias!


Valeu, Ian Tomaz!
O júri de 2012 contou com o cineasta Beto Brant. Com 3 curta-metragens e 7 longas na prateleira e mais uma porção de prêmios, deu realmente um gás incrível nos trabalhos, entusiasmado e a todo momento puxando da pilha mais um roteiro que deveria ser lido de novo. Célia Catunda, a criadora-mãe dos diversos personagens, em séries de animação e quadrinhos, da TV Pinguim, também contribuiu muito, com seu olhar experiente em desenho animado. E pra termos certeza que estavamos pedalando na direção certa na análise do BICICLETAS, contamos adicionalmente com Ian Tomaz, energizado cicloativista da Bike Anjo e, também conhecedor de design e animação.


Em ambos os editais a competição entre o primeiro e o segundo lugar foi dura. Por muito pouco a ordem final não foi a inversa. Custou muito debate e análise. E o resultado agora é este, publicado no Diário Oficial do Município de São Paulo:




BICICLETAS EM SÃO PAULO:


Projeto escolhido: TRANSPORTE PARA O FUTURO, de Paulo Garfunkel


Suplentes, por ordem de classificação:
Primeiro suplente: DONA MARIA LIMA & BICICLETA ENFERRUJADA, de Rachel Schein
Segundo suplente: A BICICLETA, de Tânia Cardoso
Terceiro suplente: A CICLOVIA, de Carolina Santos
Quarto suplente: TÔ CHEGANDO, de Rodolfo Stegmann
Quinto suplente: SAMPA SOB DUAS RODAS, de Diana Boccara




CENA DE AMOR EM SÃO PAULO:


Projeto escolhido: ENSINA-ME A VOAR, de Evelyn Nonato


Suplentes, por ordem de classificação:
Primeiro suplente: A SELVA, de Afonso Júnior
Segundo suplente: DJ E DANÇARINA, de José Custódio Filho
Terceiro suplente: CACHORRO PERDIDO, de Eduardo Paiva
Quarto suplente: PEQUENOS CUIDADOS, de Marcella dos Santos
Quinto suplente: TE VI, de Pedro Andrade


Felicitações a todos. Próximo sábado já começa o workshop que vai conceber visualmente os roteiros escolhidos. E em agosto já começam a ser produzidos por artistas profissionais de destaque.

Uma última observação: Se em BICICLETAS tivemos bastante originalidade e variedade, em CENAS DE AMOR faltou um pouco de imaginação. Muitos roteiros repetiam a idéia do casal de jovens que se encontra e se apaixona. Os finalistas foram aqueles que foram um pouco além disso. E especialmente ENSINA-ME A VOAR, que pensou em um amor mais abrangente e fraterno, e A SELVA, que propôs um roteiro muito simpático de amor na terceira idade, em contraste com a velocidade apressada da cidade. 
Evelyn Nonato é a primeira vencedora dos editais que não é profissional em roteiros. Provando que uma boa idéia é o que vale, como sempre repetimos a cada divulgação de abertura de inscrições.