terça-feira, 14 de junho de 2011

Sincroniza, baby.



FAZEN’DESENHANIMADO no NUPA
Núcleo Paulistano de Animação no CCJ  RUTH CARDOSO
Convidados conversam com o público, apresentam filmes, respondem perguntas, falam de suas idéias e experiências.
 
Sábado, Dia 25 de Junho


FAZEN’DESENHANIMADO EM SINTONIA FINA!
com
MÚSICA ANIMADA!
e
WALBERCY
Entrada FRANCA

15h00: MÚSICA ANIMADA! Dos experimentos com jazz de Norman McLaren aos clips de Michel Gondry, das loucas MERRIE MELODIES aos fantasmas de GORILLAZ, navegando no SUBMARINO AMARELO dos Beatles, desenho animado e música nasceram para bailar um com o outro. Venha ver esses e outros filmes musicais escolhidos pelo curador.
.
16h30: Walbercy Ribas Camargo marcou os anos 70 e 80 com os premiados e psicodélicos comerciais em desenho animado para a SHARP. Após 15 anos de batalha, reinventou sua carreira ao concluir em 2003 seu primeiro longa, O GRILO FELIZ, seguido, em 2009 por O GRILO FELIZ E OS INSETOS GIGANTES. Não perca!

N U P A
Núcleo Paulistano de Animação no CCJ RUTH CARDOSO
Curadoria: Céu D’Ellia

Walbercy é tipo "o monumento da animação brasileira". Ocupa um espaço histórico que ninguém mais tira e tem uma experiência incomparável a partilhar com as novas gerações de animadores. No Fazen passado o Jimmy Leroy comentou que Walbercy é o Papa da Animação Brasileira. Então vocês vejam que não estou sozinho em minha opinião. 
Quando comecei a trabalhar com animação, no fim da década de 70, os comerciais da SHARP eram a estrela principal da animação por aqui. E, caso internacional raro, até mesmo hoje, de artista com liberdade quase total de criar sozinho um filme publicitário. Eram filmes surreais, com grafismos poéticos. E o público ficava esperando com curiosidade e atenção "o próximo filme da SHARP". Walbercy e sua produtora, a Start, também ficaram conhecidos pelo homenzinho azul do cotonete, a baratinha do Rodox, a versão animada da música Aquarela (Toquinho) para os lápis Faber Castell, e muitos outros.
Mas filmes publicitários, mesmo tão bem sucedidos, originais e premiados, não eram suficiente para sua inquietude artística. E ele persistiu anos a fio em um projeto de longa-metragem com seu personagem Grilo Caetano, O GRILO FELIZ. Fazer um filme como esses, em uma época em que a economia brasileira chafurdava e não existiam os recursos digitais de hoje, era uma prova que exigia muita paciência. E tempo. Então o mínimo que você pode fazer é vir conhecer pessoalmente esse artista e suas histórias, que são muitas.
Como de hábito, para abrir a sessão, antes do convidado, estarei apresentando uma sequência de filmes relacionados a algum tema de estudo. E animação e música é o tema agora. Procurei levantar exemplos completamente diferentes, de épocas diversas, de 1936 a 2005. Animação desenhada diretamente na película, desenho a mão, montagem de imagem digital, e até lego. Venha conferir, ver e ouvir. 

NUPA/ C C J

Av. Deputado Emílio Carlos, 3641 – Vila Nova Cachoeirinha
(11) 3984 2466
(ao lado do terminal de ônibus Cachoeirinha)

Sem comentários:

Enviar um comentário